Você é mais bonita que pensa

Um dia destes, navegando pela internet, encontrei o comercial mais original, sincero e carismático que assisti nos últimos tempos. Sempre admirei a Dove e todas as suas campanhas publicitárias que valorizam a beleza real da mulher, sem vangloriar ou idealizar um padrão inatingível, como acontece na maioria das vezes. A campanha é intitulada “Dove Campaign for Real Beauty”, um projeto desenvolvido em 2004 pela Ogilvy, empresa publicitária conhecida mundialmente por emocionar, criar, mobilizar e, é claro, vender com a sua criatividade.

Já percebeu que nós, mulheres, encontramos defeitos até mesmo nos mínimos e imperceptíveis detalhes?! Muito difícil encontrar uma mulher que, ao se descrever, não faça questão de ressaltar o que a incomoda em seu próprio corpo. Ao olharmos para as outras mulheres conseguimos enxergar muita beleza e poucas imperfeições, mas permanecemos inseguras em relação à nossa imagem. Na verdade, valorizamos demais as qualidades alheias e desvalorizamos as nossas.

Depois de um estudo aprofundado acerca do tema, a Dove chegou à seguinte conclusão: apenas 4% das mulheres considera ser bonita. Dá para acreditar? Foi pensando nos 96% de mulheres que não gostam do que vêem no espelho, que a empresa decidiu elaborar este projeto e concretizar a campanha.

Vou explicar melhor: a Dove escolheu sete mulheres e pediu a elas para se descreverem enquanto, do outro lado da cortina, um renomado artista desenhava o rosto de cada uma delas. Foram muitos os comentários do tipo: “Sempre achei minha testa muito grande”, ou “Meu nariz é pontudo e grande demais”.

Depois de desenha-las a partir de suas próprias descrições, o artista pediu a desconhecidos que interagiram por pouco tempo com as mesmas mulheres que as descrevessem. Surgiram comentários diferentes e claramente mais positivos. O final vocês conferem por conta própria…




Já parou para pensar nisso? Primeiro você tem que ser bonita para você… Depois para os outros!

“As vezes é preciso um estranho para abrir seus olhos à sua própria beleza.”

Beijos

Juliana.

0 .:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: