Namoro = Liberdade = Casamento


 Como sempre posto no meu instagram fotos com meu marido, de vez em quando ele aparece no meu snap eu recebo algumas perguntas sobre casamento. Já dividi com vocês muitas coisas da minha vida pessoal, como a festa do meu casamento, os preparativos,(lembram do diário de noiva?), minha lua de mel, enfim, o blog acaba sendo uma extensão da minha vida, e por mais que aqui eu discuta  assuntos de moda e beleza nada impede de conversarmos sobre relacionamentos né?
Então hoje vou responder duas perguntas que já recebi várias vezes de algumas leitoras.

1° pergunta: Qual a diferença entre namoro e casamento?
2°pergunta: Você não perdeu sua liberdade quando casou?

Eu tenho muito a dizer sobre essas perguntas,mas vou tentar resumir ao máximo okay? Em primeiro lugar. Eu e o Jônatas decidimos que seríamos tradicionais, casaríamos e somente após isso moraríamos juntos, sendo assim  não houveram essas mudanças óbvias, mesmo teto, mesma cama,etc. Mas em um nível emocional eu pensei que seria impossível amá-lo mais do que já o amava na época do namoro, mas o amor muda, cresce, amadurece! Aquela coisa de frio na barriga, borboletas no estômago quando sabe que o boy vai chegar, passa! Mas acredite isso não é ruim, penso eu que ninguém sobreviveria muito tempo sob esses efeitos kkkkk.
Como estava dizendo o amor amadurece, você passa a amar a alma do seu par, não que você deixe de admirar o que um dia te atraiu nele, mas você começa a enxergar além. Começa a se preocupar com o bem estar da pessoa, se a pessoa está feliz, se ela está saudável, enfim...Não vou dizer que casamento é sempre fácil, mas acredite, vale a pena o esforço e a luta pra fazer dar certo.


Photos: Remember pré wedding
Para a segunda pergunta eu  lanço a vocês outro questionamento: Por que não dividir todos seus sonhos, aventuras e até loucuras com seu melhor amigo, e o melhor poder ter essa companhia pelo resto da vida?  Liberdade não tem nada a ver com correr quando as coisas ficam difíceis. Se é isso que te assusta, vamos conversar um pouco! Eu confesso que já tive esse medo, já pensei que era assustador estar presa pelo resto da minha vida a uma pessoa. Mas acredite estar casada é emocionante e eu adoro saber que vou ter um companheiro para experimentar novas coisas, para conhecer novos lugares, pra fazer confidências e até mesmo para chorar no colo dele. É claro que existem os dias nebulosos, os desentendimentos, nesses momentos é importante lembrar o que me fez escolher ele como esposo, os motivos que me levaram a amá-lo, assim percebo que essas coisas são pequenas perto do amor que estamos construindo. E fico muito feliz, pois posso dizer que não perdi minha liberdade, ganhei um parceiro de aventuras.

Um dos conselhos que recebi, e que eu o Jônatas tentamos manter sempre é de não deixar se ir o namoro, sim o namoro! Se você for casar ou até já estiver casada, tenha essa regra: Nunca deixem de namorar. Nunca deixe de dizer que o ama, de beijá-lo ao sair, de fazer sua comida preferida, de lembrá-lo o quanto ele é especial pra você! Quando o namoro se iniciou você não fazia de tudo por essa pessoa? Então não deixe seu amor escapar, muitos casais depois que se casam  esquecem como era o tempo de namoro, assim o casamento cai na rotina, mas a culpa não  é do casamento e sim do casal que está levando o relacionamento pro buraco.
Photo: Wedding 



Namore seu marido! Eu o Jônatas sempre que podemos saímos pra jantar, vamos tomar sorvete (com direito a andar de mãos dadas, claro!), assistimos filmes em casa e outras vezes vamos ao cinema, jogamos nossos jogos preferidos, caminhamos na praia, enfim...existem inúmeras opções de coisas pra fazer. Ah! Uma diquinha, quando sair com seu amado, se vista bem, fique bonita, lembra como você se produzia no tempo de namoro? Isso é investir no seu casamento!

Espero sinceramente que esta leitura encoraje você, que você possa despertar a esperança em seu coração, pois você pode ter um bom casamento, acredite! Talvez eu não seja tão experiente para aconselhamentos, porém essa é minha visão de que um relacionamento pode dar certo, você pode ser feliz! Mas lembre-se é preciso investir tempo, veja seu casamento como uma plantinha, se você não regar ela morre, agora se você regar, cuidar, gastar tempo, ela pode crescer e se tornar uma árvore com bons frutos!

Um beijo carinhoso

Juliana

0 .:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: